Destaques Noruega Para Turistas

Cinco Stavkirke para você visitar na Noruega

15 de junho de 2017

Eu sou aquele tipo de pessoa que estabelece umas metas malucas pra vida, e uma delas é bem recente e tem a ver com a roadtrip que eu fiz atravessando a Noruega de ponta a ponta. Eu prometi pra mim mesma que eu vou visitar todas as igrejas de madeira que estão em solo norueguês até o fim da minha vida. Bom, até hoje foram cinco, poderia ter sido seis mas eu escolhi não conhecer a igreja de Undredal. Eu passei por ela e achei ela bem feia e nada a ver com as igrejas de madeira que eu tenho interesse em conhecer aqui pela Noruega. Dito isso, vamos para o que interessa, né?

As stavkirke são igrejas de madeira que foram construídas durante a Idade Média. Elas tem essa arquitetura diferentona porque foram inspiradas na forma como os vikings construíam os seus barcos, casas e salões na Era Viking. A maioria dessas igrejas estão localizadas na Noruega, apenas duas estão fora do país, e são várias espalhadas de norte a sul pra você visitar por onde estiver passando pelo país.

A primeira de todas não poderia ser outra, a minha favorita, que é a que fica em Bergen. A Igreja Fantoft é especial porque ela fez parte de um dos atos durante o comecinho dos anos 90 pelo Varg Vikernes e outros nomes importantes da história do Black Metal. Ela pegou fogo em junho de 1992 e depois em março de 1993 ela apareceu como capa do álbum Aske, do Burzum, mas apenas a carcaça dela toda queimada. É uma igreja linda, bem típica de uma stavechurch, sem janelas e com alguns elementos que lembram as construções viking tanto dentro quanto fora dela. Se estiver por Bergen, vale muito a pena conhecer. Paga-se NOK60 para visitar a igreja por dentro, mas os meses em que está aberta pra visitação são limitados durante o ano. Mas, ainda sim, vale a pena mesmo que esteja fechada, a vista do topo da floresta faz jus à maravilhosidade que é essa igreja.

A segunda nada mais é do que uma surpresa que tive na estrada durante a minha roadtrip de Oslo até Bergen. Eu não estava planejando conhecer essa igreja, mas quando vi uma plaquinha indicando uma stavekirke no meio do caminho, não pensei duas vezes e fui até ela. Ela é muito, mas muito pequena, comparada com as stavekirke mais comuns, mas ainda assim é de um charme sem igual. Eu falo da Igreja de Torpo, que foi construída em 1192 e é a construção mais antiga que existe no distrito de Hallingdal.

A terceira igreja que eu quero indicar aqui é a igreja de Borgund. Ela faz parte da rota histórica da Noruega, então é bastante visitada e a mais fotografada de toda a Noruega.  Ela foi construída entre 1180 e 1250. Várias inscrições rúnicas podem ser lidas pelos muros dessa igreja. Uma delas diz: “Thor escreveu estas runas na noite da Missa de St. Olav“, e uma outra diz: “Ave Maria“. É uma igreja maravilhosa, enorme e imponente. Também paga-se pra entrar e o diferencial desta é que possui um pequeno museu contando a história e a construção dessa igreja em detalhes, acompanhado de um restaurante. Uma outra curiosidade também é que essa igreja serviu de inspiração para a construção da Fantoft.

A quarta e quinta são as mais inusitadas mas também as mais óbvias dessa lista. A igreja original de Gol está localizada no Norsk Folkemuseum em Oslo. Já tem um post bem detalhado sobre a igreja e o museu aqui no blog, mas ainda assim acho legal citar essas duas opções porque são de fato as que você tem mais facilidade em visitar quando visita a capital da Noruega. Ela foi construída originalmente em 1212 e em 1880 foi substituída por outra ao ter sido realocada para o local do museu. Ela é de fácil acesso pra quem está em Oslo então acho que é a opção mais acertada dessa lista.

Junto dela não posso deixar de citar a sua réplica que se encontra exatamente na cidade de Gol. Em 1980 uma réplica foi colocada mais ou menos no mesmo lugar onde a igreja original ficava só para turistas que estão de passagem poderem ver a igreja. Não existe nenhuma citação perto da igreja que indica ser uma réplica, fico pensando que talvez alguém realmente ache que é a original, porque ambas se parecem muito, a réplica é muito bem feita e faz valer a parada quando estamos viajando pela região.

Por enquanto essas são as igrejas que eu conheci por aqui e ainda quero fazer um post contando quais são as minhas 5 igrejas-desejo que eu ainda não conheço e pretendo visitar pela Noruega. A lista é grande mas sei que vou conseguir visitar pelo menos as mais emblemáticas que estão espalhadas pelo país.

Posts Relacionaods

Comentários

Deixe um comentário