Quem Escreve

Oie! Meu nome é Stephanie e eu tenho 29 anos. Nasci na cidade de São Bernardo do Campo/SP, mas sempre morei em Santo André/SP. Eu gosto de dizer que só “morei” mesmo, porque a minha vida toda, nos últimos 10 anos, foi vivida de fato em São Paulo/SP. Por que? Porque trabalhar com web e internet no ABC é bem difícil, todas as oportunidades estão em São Paulo, então desde que eu entrei na universidade e iniciei a minha carreira, encarei a saga de me deslocar diariamente para a capital para tentar conquistar o meu lugar no mundo.

Atualmente, estou morando aqui na Noruega, mais precisamente na cidade de Moss, que fica a 50km de Oslo (capital da Noruega). Por enquanto, a minha vida por aqui é bem pacata, e esse foi justamente o motivo de eu ter criado esse blog. Não estou acostumada com dias tranquilos, minha vida em São Paulo sempre foi bem turbulenta, com muitas horas perdidas no trânsito no trajeto casa-trabalho-casa, nunca me sobrou tempo pra fazer muita coisa.

A minha jornada por aqui começou no dia 29 de janeiro de 2017, quando eu e duas malas de 32kg cada desembarcamos no aeroporto de Gardermoen, chegando pra ficar. Antes disso, já tinha visitado a Noruega como turista algumas vezes. Sou apaixonada pela cultura nórdica então vim pra cá a primeira vez na primavera de 2014, num mochilão sozinha pela Escandinávia. Realizando o sonho de ver as paisagens mais incríveis que eu jamais imaginei conhecer, no meio do caminho, ou melhor, no meio de um festival de metal em Oslo, conheci o meu namorado (hoje, marido!), o Thomas. Um típico noruguês que é apaixonado pelo metal, assim como eu.

Aqui você vai conhecer um pouco do meu dia a dia, como foi deixar tudo no Brasil para encarar as dificuldades de se integrar numa cultura completamente diferente, aprender um novo idioma do zero e praticamente “nascer” de novo num país novo. Aqui você vai saber mais sobre a cultura norueguesa, e também o que eu mais gosto e desgosto em ser uma imigrante nesse país, que muitas vezes dito como perfeito, talvez te espante em perceber que a vida por aqui não é nenhum mar de rosas.

Fotos tiradas durante minhas visitas à Noruega entre 2014 e 2015.