Filmes & Séries

The Heavy Water War – Impedindo a bomba atômica de Hitler

2 de março de 2017

Começo essa seção aqui no blog contando um pouco sobre a última série norueguesa que eu assisti, enquanto ainda estava no Brasil, chamada The Heavy Water War (Kampen om Tungtvannet em norueguês). Essa é provavelmente uma das melhores produções norueguesas que eu já assisti até hoje, e não, surpreendentemente não tem nada a ver com vikings! Essa é uma minissérie que em seis episódios relata a real participação da Noruega durante a Segunda Guerra Mundial.

Ela conta basicamente a história por trás do plano alemão para obter a bomba atômica durante a Segunda Guerra Mundial, e como os noruegueses bolaram um plano para sabotar esse o projeto em adquirir água pesada (óxido de deutério), que poderia ter sido usada pela Alemanha Nazista para produzir armas nucleares. O legal dessa série é que ela aborda três focos principais: o primeiro gira em torno do cientista alemão Werner Heisenberg (Christoph Bach), vencedor do prêmio Nobel da Física pela descoberta da mecânica quântica, que em 1939, é chamado pelo governo nazista para desenvolver a energia nuclear e a bomba atômica.

O segundo, e pra mim o mais interessante, apresenta a campanha dos aliados para destruir as instalações nazistas. Em 1940, os alemães invadem a Noruega, onde assumem o controle das pesquisas com água pesada realizadas pelo oficial e cientista norueguês Leif Tronstad (Espen Kloumann Høiner) e sua equipe, na única instalação do mundo que a produzia em quantidade, uma usina da Norsk Hydro parte da hidroelétrica Vemork, em Tinn, na Noruega. No ano seguinte, após fugir e se unir à resistência, Tronstad vai para a Inglaterra e ajuda na formação da equipe Gunnerside, parte de uma operação conjunta entre aliados e membros da resistência norueguesa, que tem como objetivo destruir as instalações do país onde são realizadas as pesquisas, entre elas, Vemork e Telemark.

O terceiro foco da minissérie é no diretor da Norsk Hydro, Bjørn Henriksen (Dennis Storhøi). Para Henriksen, o importante manter os empregos e as vidas de seus funcionários durante a ocupação alemã, ele vê a guerra como algo passageiro, uma situação que ele precisa lidar no momento. O foco de Bjørn é bastante dividido com sua esposa, Ellen Henriksen, que apesar de conpreender a guerra e suas consequências, não entende o que o marido faz de tão importante que atraia o interesse nazista e de seus aliados. Ela teme sofrer um ostracismo por parte da sociedade norueguesa em colaborar com os nazista, e acaba fazendo com que seu marido tome atitudes que o colocam em conflito com o seu cargo.

O orçamento da minissérie foi estimado em €8,7 milhões, sendo a produção mais cara da história da TV norueguesa. As cenas são muito bem feitas, a fotografia é impecavelmente linda e as imagens das paisagens norueguesas deixam tudo ainda mais especial. Vale a pena pra quem gosta de ambos os temas, tanto Segunda Guerra Mundial quanto história norueguesa. Para quem está na Noruega, a série está disponível no Netflix com legendas, uma vez que a série se passa não apenas em norueguês, mas em francês e alemão também. E pra quem está no Brasil, as legendas também não são difíceis de serem encontradas, acho que esse é sempre o maior impasse quando se trata de entretenimento escandinavo.

Posts Relacionaods

Comentários

Deixe um comentário